quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Aprendendo a comprar sapatos

Sim, é muito comum estar andando pelo shopping e, de repente, parar diante de uma vitrine e encontrar aquela bota, aquele sapato dos seus sonhos. Você pode até nem estar precisando, mas... poxa!!... ele tá tão lindinho ali, olhando pra você, pedindo pra ser comprado. E lá vai a emoção falar mais alto. Compra feita. Satisfação alcançada. Opa!! Até chegar em casa. Aí, você vê que aquele lindo sapato que comprou, naquela super oportunidade, não combina com nenhuma roupa sua. Tá bom! Vamos voltar ao shopping pra comprar agora a roupa ideal para casar com o sapato. Risos.

Com este guia, você vai saber como adquirir calçados lindos e confortáveis, que jamais vão encalhar no armário:

Em casa

Confira os cuidados que você precisa tomar antes de ir à loja:
  • Abra a sapateira para confirmar o que precisa comprar dessa vez. É um sapato para trabalhar? Um modelo para sair? Ou para as duas ocasiões?
  • Definida a peça, veja as cores de suas roupas e que tom de calçado combinará com elas. "Para o trabalho, use nude, azul-marinho ou preto, que nunca saem de moda", orienta Elizangela Gomes, professora de estilo da Escola de Moda Sigbol Fashion.
  • Saber o salto desejado também ajudará você a se orientar diante de uma vitrine com tantas opções. Sugestão? Um quadrado, médio e confortável, que ainda permite ir direto do trabalho para um encontro no final do dia.
  • Ainda seguindo a linha do conforto, um bico levemente arredondado ou quadrado é ótima compra. "Se preferir o de bico fino, lembre-se de comprar um número maior para não apertar os dedos", diz a especialista.
  • Vista uma roupa básica para ir à loja, como a calça jeans que usa sempre. Se o sapato ficar bom com ela, aumenta a chance de combiná-lo com mais peças.
  • Uma dica muito boa é: prefira comprar sapatos no final do dia, quando o pé está mais inchado. Assim que acordamos, ele está fino e geralmente suporta uma numeração menor. O risco? Adquirir um sapato apertado, que machucará seu pé e acabará encostado.
  • Deixe as unhas dos dedos curtinhas! Se alguma estiver grande, encostará no sapato, fazendo-a pensar que a numeração está menor.
Na loja

A qualidade da peça é o primeiro item para testar. Confira como deve avaliá-lo:

Material
Caso queira que o calçado dure bastante, invista um pouco mais nele, pois a qualidade do material fará toda a diferença. Lembre-se: o barato pode sair caro. "O couro sintético ou um tecido com tratamento, que deixe a peça impermeabilizada ou facilite a limpeza, é boa escolha", aponta Elizangela Gomes.

Acabamento
Segure cada pé do par e veja se a costura foi benfeita, se não está torta. Tal cuidado garante que o calçado não se desfaça em pouco tempo. Resistindo, portanto, a ser usado no trabalho e para sair.

Sola
Prefira uma emborrachada a outras feitas de plástico, pois isso atende àquela sempre boa intenção de ter uma peça com grande durabilidade. Para sua segurança, compre calçados de sola com certo relevo ou texturas: elas evitam que você escorregue facilmente. Em relação ao conforto, faça o seguinte: dobre o sapato e avalie a flexibilidade. Quanto mais maleável for a peça, mais conforto poderá proporcionar.

Experimentado os pares
  1. Após conferir a qualidade, chegou o momento de experimentar os pares! Vale a pena selecionar ao menos três modelos para ter certeza absoluta de qual deseja levar. Afinal, você não sabe se o segundo par será ainda mais confortável do que o primeiro...
  2. Você sabia que a maior parte das pessoas tem um pé diferente do outro? Pois é! E pode ser uma pequena diferença no tamanho ou na altura do peito do pé. Por isso, coloque o par completo. Se houver a diferença, baseie-se no conforto do maior para escolher a numeração.
  3. Passeie por toda a loja! Desfile diversas vezes diante do espelho observando seu pé de frente, de lado, de trás... Caminhe sobre o carpete e também passeie sobre piso liso - o corredor do shopping, por exemplo. Ao andar, repita movimentos que faz durante o dia, como simular subida e descida, pisar na ponta dos pés ou ficar parada certo tempo sobre o calçado.
  4. Durante o teste, você não deve sentir incômodo nenhum. Se notar o calcanhar roçando na parte de trás do calçado, peça outra numeração ou modelo. "Lembre-se que, contrariando muitos vendedores de calçados, a maior parte das peças não alarga conforme o uso", diz a especialista. "Dessa forma, compre apenas o sapato que não aperta em nenhuma região", explica Elizangela.
  5. O sapato não deve encostar diretamente na ponta do dedão! Procure uma folga de alguns milímetros para não ficar largo demais, tampouco incômodo.
  6. Tenha paciência! o processo todo dentro da loja (desde a escolha até a compra), deve durar uns 40 minutos. Você não quer deixar seu sapato guardado, certo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário